2º Simposio Internacional sobre Trabajo y Educación en la Salud

Durante los días 24 y 25 de julio de 2018, se realizó el 2º Simposio Internacional sobre Trabajo y Educación en la Salud, que tuvo lugar en el auditorio de la Capilla Ecuménica de la Universidade Estadual do de Río de Janeiro (UERJ). El evento fue organizado por la Asociación Brasileña de Salud Colectiva (ABRASCO), a través de su Grupo Temático de Trabajo y Educación en Salud, junto con la Organización Panamericana de la Salud / Organización Mundial de la Salud (OPS/OMS Brasil). En el marco de la programación oficial del 12º Congreso Brasileño de Salud Colectiva que tuvo lugar entre los días 24 y 29 de julio en la ciudad de Río de Janeiro.

El Simposio contó con la presencia de gestores(as), trabajadores(as), investigadores(as), estudiantes, docentes y miembros de la sociedad civil organizada que se interesan y actúan en la temática del Trabajo y de la Educación en la Salud. La dinámica fue estructurada en mesas temáticas y debates abiertos, para enfatizar temáticas realizadas a la Educación en Salud el primer día y Trabajo en Salud en el segundo.

Agenda

Agenda

Presentaciones

  Mesa redonda: A construção do campo trabalho e educação: a produção do conhecimento e o diálogo com a agenda 2030
A construção do campo trabalho e educação: a produção do conhecimento e o diálogo com a agenda 2030
  Isabela Cardoso M. Pinto (ISC/ABRASCO) / Tânia Nunes (FIOCRUZ)
  Mesa redonda: As metamorfoses no mundo do trabalho e os caminhos possíveis
A gestão engoliu a saúde! Precarização e subjetivação das relações de trabalho no setor da saúde
  Ana Paula Marques (Universidade do Minho/Portugal)
Mudanças Disruptivas e o Mercado de Trabalho em Saúde no Brasil
  Márcia Teixeira (ENSP/Fiocruz)
  Mesa redonda:  Os desafios das relações Inter federativas e os efeitos nas políticas públicas
Os desafios das relações Inter federativas e os efeitos nas políticas públicas
  Sulamis Dain (IMS/UERJ)
Governança regional da política de saúde do Brasil: condicionantes e desafios
  Luciana Dias (ENSP/FIOCRUZ)
Circularidade Médica nas Regiões de Saúde do Brasil
  Paulo Seixas (FCM-Sta Casa/SP)
  Mesa redonda: Trabalho, Educação e Serviços de Saúde: onde se encontram?
Trabalho, Educação e Serviços de Saúde: onde se encontram?. Desafios da Gestão do Trabalho
  Janete Castro (UFRN)
Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde. PET-Saúde/GraduaSUS
  Tania França (IMS/UERJ)
Limites críticos do programa de melhoria do acesso e da qualidade/pmaq: em foco a gestão do trabalho e a educação na saúde
  Kátia Medeiros (CpqAM/Fiocruz)
Trabalho educação e serviços de saúde: onde se encontram equidade eficiência e qualidade desafios da gestão do trabalho na saúde 
  Monica Padilla (OPAS)
  Mesa redonda: Dinâmica dos mercados de trabalho e a educação em Saúde no Brasil 
Prioridades, problemas e pesquisa dos mercados de trabalho e da educação em saúde
  Mario Dal Poz (professor IMS-UERJ)
Formação e trabalho da enfermagem no Brasil
  Jonas Sâmi Albuquerque de Oliveira (ENF-UFRN)
Demografia Médica no Brasil 2018
  Mario Scheffer (FM-USP)
  Mesa redonda: Evidências e desafios do trabalho na atenção primária à saúde
Avaliação do escopo de prática de médicos participantes do Programa Mais Médicos e fatores associados
  Sábado Girardi (NESCON/UFMG)
Quanto custa prover médicos em localidades remotas e de alta vulnerabilidade? Evidências do Programa Mais Médicos do Brasil, 2014
  Everton Nunes da Silva (UnB)
Avaliação do Programa Mais Médicos
  Roberta da Silva Vieira (IPEA)
  Mesa redonda:Formação em Saúde: diálogos e conexões entre Educação Permanente e Educação Interprofissional
Formação em Saúde: diálogos e conexões entre Educação Permanente e Educação Interprofissional
  José Rodrigues (OPS/OMS)
Formação em Saúde: diálogos e conexões entre Educação Permanente e Educação Interprofissional
  Mario Rovere (Universidad Nacional de La Matanza/AR)
Lições Aprendidas na Implementação de uma Escola de Medicina no Sertão Nordestino
  Ana Luiza de Oliveira e Oliveira (UFRN)